INSTITUIÇÕES DE FOMENTO ANUNCIAM AÇÕES DE ESTÍMULO À ECONOMIA PARA AJUDAR A MINIMIZAR O IMPACTO DO CORONAVÍRUS

April 8, 2020

D

 

Diante do cenário adverso causado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), diversas instituições de fomento associadas à ABDE anunciaram medidas especiais para auxiliar empresas de diferentes segmentos que podem ser afetadas neste momento. Com isso, o Sistema Nacional de Fomento tem buscado apoiar os empreendedores brasileiros, para que a pandemia não inviabilize empreendimentos e gere menos impacto econômico e social.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou, no último domingo (29/3), o lançamento do programa “BNDES Apoio Emergencial ao Combate da Pandemia do Coronavírus”, com foco na área da saúde, e a operacionalização de R$ 40 bilhões em recursos para financiar a folha de pagamento das empresas e evitar demissões. Na semana anterior, o banco já havia anunciado uma série de medidas em caráter emergencial para ajudar a mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus no Brasil, como a ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e a suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos. Somados, os projetos devem levar a um impacto positivo na economia de R$ 97 bilhões.  
Leia mais: https://abde.org.br/noticias/covid-19-novas-iniciativas-do-bndes-viabilizam-atendimentos-de-saude-e-manutencao-de-empregos/

A Desenvolve SP irá disponibilizar crédito de meio bilhão de reais para financiamentos com condições diferenciadas para o Turismo, Cultura, Economia Criativa e Comércio, além de micro, pequenas e médias empresas em todo território paulista. Além disso, a agência de fomento reduziu a taxa de juros da sua linha de capital de giro. 
Leia mais: https://abde.org.br/noticias/desenvolve-sp-reduz-juros-para-ajudar-no-impacto-do-covid-19/
O Banco do Brasil anunciou que dispõe de R$ 100 bilhões para empréstimos a pessoas físicas, empresas e o agronegócio para enfrentar a pandemia. Também há recursos para compra de suprimentos e outros investimentos na área de saúde, eficiência energética, infraestrutura e viária, educação e saneamento para prefeituras municipais e governos estaduais. Os recursos irão reforçar as linhas de crédito já existentes, principalmente as voltadas para crédito pessoal e capital de giro.
Mais informações em: https://abde.org.br/noticias/covid-19-banco-do-brasil-anuncia-linhas-de-credito-com-r-100-bilhoes/
A Agência Estadual de Fomento do Rio de Janeiro (AgeRio) está disponibilizando uma linha de crédito, em que para os microempreendedores individuais estão sendo oferecidas taxas a partir de 0,25% ao mês, carência de 12 meses, prazo de pagamento de até 24 meses e limite de crédito de R$ 21 mil. Já para as micro, pequenas e médias empresas, as taxas são a partir de 0,74% ao mês, carência de 24 meses, prazo de pagamento de até 60 meses e limite de R$ 500 mil. Veja: https://abde.org.br/noticias/covid-19-agerio-disponibiliza-linha-de-credito-para-empreendedores/
 
Fonte: https://abde.org.br/noticias/instituicoes-de-fomento-anunciam-acoes-de-estimulo-a-economia-para-ajudar-no-impacto-do-coronavirus/

Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Clean
  • LinkedIn Clean